A cultura de São Tomé e Príncipe

Uma mistura dos continentes

São Tomé e Príncipe nasceu de uma herança colonial, em que roças agrícolas e o tráfico de escravos dominaram a vida económica durante séculos, desde a primeira descoberta no 15º século. As empresas agrícolas ficaram espalhadas em todas as zonas das ilhas, com infra-estruturas próprias de portos a casas de funcionários, de linhas de ferro a hospitais. Nas plantações à volta destas roças foram cultivadas cana de açucar, café e cacao. Com a excepção de 2 anos de ocupação pelos Países Baixos, São Tomé e Príncipe era colónia de Portugal, até 1975, quando ganhou a independência de maneira pacífica. A nossa tradição e cultura é baseada numa mistura de comércio, agricultura, escravatura, pesca e navegação marítima, com fortes influências de Portugal, Africa, Brasil e Europa.

Riqueza natural

Os locais onde pode sentir toda a cultura de São Tomé e Príncipe são as Roças. Dezenas destas empresas agricolas são distribuídas pelo País todo. Algumas destas Roças são pequenas casas de campo, outras lembram de cidades escondidas com um centro de castelos no meio da floresta tropical. As maiores Roças usualmente tinham o seu próprio porto e uma pequena rede de caminho-de-ferro. Os nomes como Monte Café ou o Rio d’Ouro (hoje Roça Agostinho Neto) dão uma ideia dos lucros que foram feitos aqui.

Roça Monte Café: Nas montanhas altas centrais de São Tomé. Com plantações de café e cacau nas redondezas. Roça Água Izé: Ainda a produzir e exportar grandes números de toneladas de cacau, exportado para toda a Europa. Roça Agostinho Neto: Famoso pelo hospital gigantesco em forma de um castelo. Ligado com uma antiga linha de ferro ao porto de Fernão Dias, local de comemorações de luta pela Independência. Roça Sundy: O local onde foi provado a Teoria da Relatividade de Einstein, durante um eclipse solar.

Livros e discos com São Tomé e Príncipe no foco

Leitura e música recomendada

Sodade, por Cesária Evora
(no album Miss perfumado)

“Se você me escrever, vou te escrever. Se você me esquecer, vou te esquecer. Até ao dia, que você voltar”. Uma das músicas mais famosas da estrela de World Music Cesária Evora, de Cabo Verde, sobre a solidão dos escravos e/ou serviçais, que deixaram a sua terra natal em busca de emprega e acabaram por ficar nas plantações de São Tomé.

Equador, por Miguel Sousa Tavares
(ISBN: 9789897241154)

Livro de ficção contemporânea, contrastando a vida do ilustre Luis Bernardo, membro da sociedade alta de Lisboa e nomeado novo Governador de São Tomé e Príncipe, com a vida dos patrões das Roças e os escravos. Com um olhar forte para a luta internacional contra a escravatura. Uma boa imagem de São Tomé no início do século 20.

Boleia, por Kalu Mendes
(ASIN: B00IXNOB7Y)

Album de música contemporânea, pela estrela de São Tomé e Príncipe, Kalu Mendes. Em língua Portuguesa e local com hits como Semeio-se o Vento, Seguro Morreu o Velho, Lyon Katadéla, Boleia and Bolila. Diverso, muito bem para dançar e simplesmente música para um tempo bom. Não esqueça de procurar uma das sessões ao vivo, enquanto estiver aqui.

Verdadeiramente único. Verdadeiramente local.

Festivais e danças de São Tomé e Príncipe

Em São Tomé e Príncipe nasceram das nossas tradições mistas eventos, músicas e danças únicas. Auto de Floripes e um teatro de rua, ao mesmo momento carnaval e dança: A história tem as suas origens na Europa no tempo medieval e segue influências de Portugal e do Charlemagne. Tchiloli é um desempenho teatral, misturando as culturas Africanas com influências coloniais, incluindo histórias de amor, traição e tragédia. Dança do Congo é mais um outro evento único, por exemplo visível na festa da Cidade de Neves, com actores e dançarinos nas ruas, alguns deles em cima de palafitas estonteantes. Músicos e bailarinos de Bulaué e de músicas de Cabo Verde, por exemplo nas roças, of aumentam ainda mais a diversidade cultural santomense.

Um bem-vindo caloroso e saboroso:

Restaurantes em São Tomé e Príncipe

OMALI
Numa varanda à frente do Oceano, bebidas e comidas internacional, com estílo e em ambiente fashion.

JASMIN
No centro da cidade, perto da Praça dos Taxis e da Direcção da Cultura. Pizza e comida internacional.

SABOR DA ILHA
Restaurante rústico no parque popular. Pratos locais, peixe grelhado, carnes e fruta pão.

CLUB SANTANA
Cozinha inspirada na França dentro do espaço do hotel. Com vista ao mar. Sábados com música ao vivo.

DONA TÉTÉ
Escondido num pátio perto da fortaleza. Pratos locais de peixe com um toque de classe alta.

FILOMAR
Na primeira baía de São Tomé, com uma varanda enorme e pratos locais com vistas para o mar.

BELO MONTE
Restaurante de hotel de luxo, com pratos modernos internacionais, cocktails e ambiente esplendido.

ROÇA SÃO JOÃO
Pratos locais interpretados de forma nova. Varanda de madeira, com vista e decorado de artes.

Fique em contacto! Receba todas as informações sobre São Tomé e Príncipe!

Subscreva o nosso Newsletter

*  Os seus dados somente serão utilizados para o envio de newsletter e não serão utilizados para outros fins nem divulgados. Para outras questões por favor contacte-nos através da página contactos.

© Copyright 2016 - SaoTomePrincipe.co.uk